Blog

O que você precisa saber sobre cervejas ácidas

Na maioria dos alimentos, o sabor azedo ou ácido é associado com a ideia de estragado ou tóxico. Já no caso das cervejas, nem sempre é assim.

Na Apostila de Aromas e Sabores, Amanda Reitenbach, CEO do Science of Beer, explica que todas as cervejas são de certa maneira ácidas e que é o sabor em excesso que confere flavour e sensação na boca indesejáveis. Mas neste texto vamos falar sobre as cervejas em que o sabor ácido é destacado de maneira proposital.

As cervejas ácidas ou sour beers caíram no gosto dos cervejeiros e têm se tornado uma forte tendência no mercado, oferecendo uma gama de sabores e sensações interessantes ao paladar.

Em geral, são cervejas bem refrescantes, de baixo amargor e baixo teor alcoólico. Além disso, a possibilidade de adição de frutas faz com que as sour beers não tenham uma característica visual pré-estabelecida. “O sabor precisa remeter a uma acidez leve até intensa, ésteres podem estar presentes, porém a característica da cerveja depende muito da cerveja utilizada como base”, explica Gabriella Müller, professora do Science of Beer.

As cervejas ácidas estão presentes em diversas escolas cervejeiras do mundo, e entre seus principais estilos estão American Sour Ale, Wood and Barrel-Aged Sour Beers, Gose, Belgian Lambics, Belgian Flanders Oud Bruin, Berliner Weiss e Catharina Sour.

 

Catharina Sour e as cervejas ácidas no Brasil

No Brasil, o mercado das cervejas ácidas está em expansão. Como a refrescância das sour beers é perfeita para os dias mais quentes, as cervejas ácidas são cada vez mais apreciadas nos estados onde o calor está presente o ano todo.

Um dos destaques no país é a Catharina Sour, desenvolvida no Brasil a partir de 2014 e baseada no estilo alemão Berliner Weisse, porém com com adição de frutas. A cerveja começou a se popularizar pelo país em 2016 e, em 2018, a Catharina Sour passou a fazer parte do Beer Judge Certification Program (BJPC) como um estilo provisório.

“A Catharina Sour se encaixa entre as cervejas ácidas por ter como principal característica uma acidez muito evidente, e se difere de outros estilos pela obrigatoriedade da adição de frutas frescas”, destaca Gabriela Müller. Além disso, as cervejas do tipo Catharina Sour também têm corpo baixo e alta drikabilidade, mas possuem um teor alcoólico mais alto que as cervejas ácidas tradicionais.

 

Como harmonizar cervejas ácidas?

Quando o assunto é harmonização, as cervejas ácidas oferecem muitas possibilidades de combinações, podendo complementar dulçor, equilibrar gordura e até mesmo realçar elementos ácidos dos alimentos.

esde saladas até pratos mais mais gordurosos, frutos do mar etc)

A professora Gabriela Müller dá a dica: "as sour beers combinam muito bem comidas gordurosas, carnes, saladas, massas e frutos do mar, já que a acidez é interessante para limpar o palato, permitindo e convidando a um novo pedaço".

 

Você pode conferir algumas harmonização com cervejas ácidas no nosso e-book Harmonizações para Celebrar e também no Guia para harmonizar cerveja e chocolate.

Quer aprender mais sobre cervejas ácidas? Conheça nossos cursos e venha estudar cerveja com o Science of Beer.